ROMA - Itália
              Hotéis Selecionados

              Tarifas em USD, por aptº/noite com taxas e café da manhã incluídos.
              Imposto Municipal não incluído, pagamento local:
              varia entre € 2.00 a € 3.00 por pessoa/por noite
              Pesquisa feita em datas de ABRIL 2017.







  Hotel Anglo Americano
         Categoria:   3 Estrelas
         Endereço:    Via Quatro Fontane
         Tarifas a partir de USD 184.00



  Hotel Caprice
         Categoria:   3 Estrelas
         Endereço:    Via Liguria 38
         Tarifas a partir de USD 151.00



  Hotel Des Artistes
         Categoria:   3 Estrelas
         Endereço:    End.: Via Villafranca 20, Estação Termini
         Tarifas a partir de USD 198.00


  Hotel King
         Categoria:   3 Estrelas
         Endereço:    Via Sistina 131
         Tarifas a partir de USD 159.00


  Hotel Residenza Antica
         Categoria:   3 Estrelas
         Endereço:    Via del Tritone 82
         Tarifas a partir de USD 160.00











CONDIÇÕES:

  • As tarifas são confirmadas no momento da reserva. Os valores presentes nesta tabela são apenas referência
  • As tarifas são válidas somente para os períodos acima mencionados
    e estão sujeitas a alteração sem prévio aviso.
  • As tarifas são confirmadas no momento da reserva. Os valores presentes nesta tabela são apenas referência
  • As tarifas não são válidas para períodos de feiras e/ou eventos.
  • Disponibilidade garantida somente mediante reserva.


Tel: (21) 2220.0886 / 2544.8190 Fax: (21) 2533.3583
E-mail: [email protected]





Mais opções de hotéis, favor consultar-nos








Imprima essa página





   ROMA
   Cidade Eterna
 
Roma é a cidade capital da Itália e sede da comuna e da província com o mesmo nome, na região do Lazio. Conhecida internacionalmente como A Cidade Eterna pela sua história milenar, Roma espalha-se pelas margens rio Tibre, compreendendo o seu centro histórico com as suas sete colinas: Palatino, Aventino, Campidoglio, Quirinale, Viminale, Esquilino, e Celio. Segundo o mito romano, a cidade foi fundada a cerca de 753 a.C. (data convencionada) por Rómulo e Remo, dois irmãos criados por uma loba, que são actualmente símbolos da cidade. Desde então tornou-se no centro da Roma Antiga (Reino de Roma, República Romana, Império Romano) e, mais tarde, dos Estados Pontifícios, Reino de Itália e, por fim, da República Italiana.

No interior da cidade encontra-se o estado do Vaticano, residência do Papa. É uma das cidades com maior importância na História mundial, sendo um dos símbolos da civilização europeia. Conserva inúmeras ruínas e monumentos na parte antiga da cidade, especialmente da época do Império Romano, e do Renascimento, o movimento cultural que nasceu na Itália.

A área metropolitana tem cerca de 2.546.804 habitantes (2001), e estende-se por uma área de 1.285 km², tendo uma densidade populacional de 1.981 hab/km², o que a torna na maior cidade da Itália e também na capital européia de maiores dimensões. O presidente da câmara (Sindaco) em 2006 é Walter Veltroni.

Segundo a tradição, Roma teria sido fundada no ano de 753 a.C. por Rómulo e o seu irmão Remo. Rómulo e Remo envolvem se numa luta onde Rómulo acaba por assassinar o seu irmão Remo. No começo foi governada por reis mas, novamente de acordo com a tradição, tornou-se uma República em 509 a.C.. A cidade cresceu e, no final da República, Roma era a capital de um vasto império em volta do Mar Mediterrâneo. No seu auge, durante o século II, a cidade chegou a ter cerca de 45 000 prédios de apartamentos, e uma população de 1 600 000 pessoas. Seus aquedutos transportavam mais de um milhão de metros cúbicos de água, mais água do que chega à Roma moderna.

Com o fortalecimento do Cristianismo na cidade, no século III d.C., o Bispo de Roma (que mais tarde passaria a ser chamado de Papa) tornou-se a maior autoridade religiosa na Europa Ocidental.

Fora a tradição religiosa, Roma se tornou um dos mais importantes pólos turísticos do mundo por possuir inúmeros monumentos históricos e culturais. O Coliseu é um dos mais importantes deles. Antigamente usado como arena de espetáculos e combates e, em segundo plano, como instrumento de difusão da filosofia da civilização, hoje é causa de orgulho, não só da cidade, como do país e uma prova da grandiosidade que foi o Império Romano.
PASSEIOS E COMPRAS

A cidade em si já é linda e, a cada quarteirão, há uma Igreja, um vilarejo ou uma fonte a se visitar. Por isso, é bom se programar antes de sair do hotel para não acabar perdendo as visitas que mais valem a pena.

A Basílica de São Pedro é um exemplo. Além de ser um dos maiores complexos religiosos do mundo, tem diversas obras artísticas expostas, como a emocioante La Pietá, de Michelangelo, escultura em pedra de Nossa Senhora segurando Jesus morto em seu colo. Aproveite para conhecer as Criptas Vaticanas e fazer uma visita a tumba do Papa João Paulo II.

Outros locais imperdíveis são o Coliseu, como já dito antes, o formoso Pantheon, o Fórum Romano, o Castel Gandolfo, a impetuosa Fontana de Trevi e, claro, a Capela Sistina, que nem precisa de elogios. Cada um com seus atrativos especiais e únicos te levam a uma viagem no tempo e na história. É bom lembrar que, dependendo do local, há uma taxa de entrada, então verifique se você tem a quantia necessária antes para não perder a viagem.

Como é de conhecimento popular, Roma é um dos melhores locais do mundo para fazer compras. Ser econômico não é muito bem vindo, mas com certeza os produtos valem seu preço e são de incrível durabilidade. As melhores áreas para compras na cidade estão na Via del Corso e na Via del Tritone.

DICAS


Para conhecer Roma verdadeiramente, o jeito é colocar as pernas pra funcionar. Faça um esforço para não perder as belezas históricas de cada esquina andando de carro, ônibus ou metrô. Até porque este último é bem restrito, só existem duas linhas.

Porém, se o caminho for muito longo e o tempo curto, não hesite em recorrer aos transportes públicos. Só é preciso tomar cuidado com os passes de ônibus que são, geralmente, comprados nas tabacarias. Como são os próprios passageiros que os validam, estavam acontecendo muitas fraudes e a fiscalização foi aumentada. Rigorosas multas são aplicadas para os que não estão com o passe corretamente marcado.



LUGARES PARA SE VISITAR

BASÍLICA DE SANTA MARIA MAGGIORE - Mantém as naves e os impressionantes mosaicos desde sua construção, no século 5. - Piazza Santa Maria Maggiore, 483-195. 7h/ 19h.

CAMPO DEI FIORI - Nesta pequena praça ao lado da Piazza Navona o filósofo Giordano Bruno foi queimado vivo em 1600 por desafiar a Inquisição. Sua estátua está ali no centro do que é hoje o ponto de encontro dos romanos descolados. Tem cafés, bares, restaurantes, cinema e livraria bacanas, que fervilham no final da tarde.

CAPITÓLIO - É a mais famosa das colinas de Roma. Aqui fica a Praça do Capitólio, em forma de trapézio, projetada por Michelangelo no século 16. O artista também criou a bela escadaria que dá acesso à praça e a fachada dos três palácios ali localizados (Nuovo, Senatorio e dei Conservatori). Os Museus Capitolinos guardam esculturas, estátuas e pinturas clássicas. O acervo começou a ser formado ainda no século 15, quando o papa Sisto IV doou uma série de esculturas de bronze - Piazza del Campidoglio, 1, 6710-2071, www.museicapitolini.org. 9h/20h, ter. a dom.

COLISEU - Símbolo maior do Império Romano, este grande anfiteatro, em forma elíptica, foi construído no século 1 por ordem do imperador Flávio Vespasiano. Ali ocorriam os famosos combates mortais entre feras e gla-diadores. - Piazza del Colosseo, 3996-7700. 9h/18h30.

DOMUS AUREA - Após anos de escavações, as ruínas da casa megalomaníaca que o imperador Nero mandou construir depois do incêndio de Roma, no século 1, estão abertas a visitação. A casa, que chegou a ocupar 80 hectares, tinha fachadas inteiras de ouro. É obrigatório reservar a visita guiada. - Via della Domus Aurea, 3996-7700. 9h/19h45 (qua. a seg.).

FONTANA DI TREVI - A fonte mais famosa do mundo, em estilo barroco, exibe uma grande estátua de Netuno ao centro. Reza a lenda que quem quiser voltar à cidade deve jogar moedas em suas águas. Foi cenário do célebre banho de Anita Eckberg, em La Dolce Vita, de Fellini. - Piazza di Trevi.

FÓRUM ROMANO E COLINA PALATINA - Centro da Roma antiga, o Fórum era onde se desenvolviam as atividades políticas, econômicas e religiosas. As ruínas foram aparecendo ao longo de décadas de escavações, que se iniciaram no século 18. São imperdíveis as abóbodas que restaram da Basílica de Constantino, do século 4, os arcos de Tito e Sétimo Severo e a Casa das Vestais, onde viviam as sacerdotisas que vigiavam o Fogo Sagrado do Templo de Vesta. O Palatino, onde surgiu Roma, era a residência de imperadores. A entrada, separada, é paga. - Piazza Santa Maria, 53, Largo Romolo e Remo, 5-6. 9h/18h30.


VIA DEI CONDOTTI - As melhores lojas da cidade estão concentradas aqui, especialmente no trecho entre a Piazza di Spagna e a Via del Corso. São grifes do porte de Max Mara, Gucci, Armani, Prada e Bulgari. Os ambulantes que vendem a maior variedade de suvenires se concentram na Via dei Fori Imperiali e nos arredores da Piazza di Spagna.

Fontes: http://viajeaqui.abril.com.br
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.