Divulgação
       VENEZA - Itália

       Conheça mais sobre VENEZA


Situada na região do Vêneto, no nordeste da Itália, e banhada pelo mar Adriático, Veneza foi construída sobre uma série de ilhas e se tornou uma das maiores potências marítimas da Idade Média, além de um importante centro de intercâmbio comercial e cultural com o Oriente.

A cidade se tornou uma potência comercial a partir do século X, no qual sua frota já era uma das maiores da Europa.
Como cidade comercial, tinha várias feitorias e controlava várias rotas comerciais no Levante.


Eram suas feitorias cidades como Negroponto e Dirraquium, assim como ilhas inteiras: Creta, Rodes, Cefalônia e Zante, por exemplo.
O historiador Fernand Braudel classificou-a como a primeira capital econômica do Capitalismo.

Canal Grande e ponte de Rialto - A famosa Ponte Rialto, em Veneza, foi construída em 1588. O projeto, assinado por Antonio da Ponte, venceu um concurso que teve participação de célebres artistas, como Michelangelo.

Até 1854, esta ponte era a única maneira de os pedestres cruzarem o grande canal.
Um passeio de "traghetto" (uma espécie de gôndola coletiva) pelo Grande Canal, muito mais barato que o aluguel de uma gôndola, que pode chegar a US$ 80 por duas horas de passeio. Ao entardecer, o sol colore as fachadas dos palácios ao longo do canal e realça os reflexos na água.

É uma cidade muito conhecida pelos seus passeios românticos, levando muitos casais a passarem suas luas-de-mel lá.

Nesta Cidade Nasceram os Papas: Gregório XII, Eugênio IV, Paulo II, Alexandre VIII, Clemente XIII, Pio X

A Basílica de São Marcos (Basilica di San Marco, em italiano) é a mais famosa das igrejas de Veneza, Itália, e um dos melhores exemplos da arquitetura bizantina. Localizada na Praça de São Marcos (Piazza di San Marco), ao lado do Palácio dos Doges, a basílica é a sede da arquidiocese católica romana de Veneza desde 1807.

Uma das mais exóticas catedrais da Europa, a Basílica de San Marco exibe uma surpreendente coleção de mosaicos, como "A Chegada do Corpo de San Marco", na fachada. A visita é cansativa, pois é preciso seguir em fila por um trajeto definido durante todo o tempo. Procure chegar bem cedo, antes dos grupos de turistas que lotam a igreja a maior parte do dia.

Praça San Marco - A imensa praça, sempre lotada de turistas, artistas de rua e pombos, é um enorme páteo rodeado pela Basílica de San Marco, o Campanile, a Torre do Relógio, o Museu Correr entre outras atrações. A vista do alto do Campanile é deslumbrante.







A Torre do Relógio, construída no final do século 15, exibe as fases da lua e os signos do zodíaco, representados em azul e dourado no grande relógio. Uma lenda conta que depois que os inventores do relógio terminaram a obra tiveram seus olhos arrancados para que não pudessem repetir tal projeto. No alto está a figura do leão alado de San Marco, símbolo da cidade de Veneza.

Alguns ilhéus da lagoa - A ilha de Burano é conhecida pela produção de cigarrilhas feitas à mão; Murano, em contrapartida, é famosa em todo o mundo pelos seus cristais de altíssima qualidade; o Lido é a ilha comprida e estreita que fecha a lagoa separando-a do mar. Nesta ilha encontramos os hotéis mais luxuosos da cidade, o Casino e nos dois lados, os canais que juntam mar e lagoa.



Nestes canais começaram a ser construídos imensos diques móveis para controlar o fluxo de marés e preservar a cidade do fenômeno da “Àgua Alta” que põe em perigo a estabilidade de muitos edíficios antigos.













   
Veja o tarifário com
nossos hotéis.